PERCURSO

2018
Renovação de frotas afetas à recolha de resíduos e limpeza urbana, na zona centro do país, correspondente a um investimento superior a 6,5 milhões de euros.

Eleição da SUMA como “Marca de Confiança Ambiente 2018”, reforçando o reconhecimento do ano anterior e credibilidade junto das populações.

Início de atividades de sensibilização porta-aporta para aumento dos indicadores de recolha seletiva, em sete municípios de influência da Lipor.

Transição para dos sistemas de gestão de qualidade e ambiental para as normas NP EN ISO 9001:2015 e NP EN ISO 14001:2015, e renovação da certificação OHSAS 18001:2007/NP 4397:2008, para a sede e centro de serviços de Aveiro.

Mudança de instalações da sede da SUMA para o edifício da Mota-Engil, em Linda-a-Velha.

2017
Eleição da SUMA como “Marca de Confiança Ambiente 2017”, vendo, assim, a sua credibilidade junto das populações, publicamente reconhecida e atestada.

Prolongamento dos contratos entre a SUMA e os municípios de Rio Maior e de Porto de Mós, até 2019 e 2023, respetivamente, reforçando a intervenção da empresa no centro do país.

Inauguração do novo Centro de Tratamento de Resíduos não Perigosos da Azambuja, da sua participada TRIAZA, numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado do Ambiente.

Inauguração da unidade móvel de sensibilização ZOOURBANIDADE®, que explora a exigência de cidadania na utilização do espaço e equipamentos públicos.

2016
Regresso ao Parque das Nações, onde a SUMA teve um desempenho exemplar durante a realização da EXPO’98, com a adjudicação dos serviços de limpeza urbana e recolha de resíduos.

Lançamento da plataforma interativa online de disponibilização de conteúdos e jogos de sensibilização ambiental, “Animais da Cidade”.

Início da prestação de serviços de educação ambiental no universo EGF.

Renovação dos contratos da Batalha, Alcobaça e Ourém, ultrapassando mais de duas décadas de serviço continuado nestes municípios.

2015
Adjudicação ao consórcio formado pela SUMA e pela Tanzifco de um contrato para recolha de resíduos, operação e manutenção de cinco estações de transferência e exploração de dois aterros sanitários em Al Sharqiya Sul, Omã, por um período de sete anos.

Extensão da atividade da CONSITA ao estado de Rio Grande do Sul, ultrapassando, assim, a fasquia do milhão de habitantes servidos no Brasil.

Lançamento do ECO KIOSKO – estrutura inovadora concebida para disseminar boas práticas de cidadania em contexto comercial e cultural.

Instalação da plataforma interativa SUMAKids – espaço online de disponibilização de conteúdos de educação ambiental.

2014
Aquisição da Empresa Geral de Fomento (EGF), holding estatal que gere 11 sistemas multimunicipais de tratamento de resíduos, os quais correspondem a 6,4 milhões de habitantes servidos.

Inauguração da primeira unidade de regeneração de óleos usados em Portugal, na Chamusca, pela ENVIROIL, com capacidade para tratar 20 mil toneladas por ano.

Início da atividade no Médio Oriente – vertente da confinação técnica de resíduos no norte do Sultanato de Omã.

Reentrada no Brasil através da sociedade brasileira CONSITA com serviços de limpeza urbana e recolha de resíduos (Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais).

SUMA difunde conteúdos de sensibilização ambiental na aplicação interativa MEO Kids em contexto televisivo.

2013
Início de operações de recolha de RSU e limpeza urbana no Sumbe, capital da província Kwanza Sul – Angola.

Início dos serviços de recolha de RSU na cidade de Maputo, através da ECOLIFE, participada pela SUMA para o mercado moçambicano.

SUMA reconhecida na área da gestão de risco com atribuição do galardão “Especial Confiança” da iniciativa Prémios Açoreana Risk Management Diário Económico.

2012
Início de operações de recolha de RSU pela AGIR na Cidade da Praia – Cabo Verde.
2011
Superação de 25% do Volume de Negócios da SUMA justificado pela atividade internacional.

Reconhecimento da VISTA WASTE como “Melhor Participação Internacional” na 1ª Feira Internacional de Ambiente, em Angola.

2010
Extensão da acreditação do laboratório de análises a mais de uma centena de ensaios.

Lançamento do ECOSCÓPIO® – novo formato de unidade móvel de sensibilização vocacionada para jovens.

Lançamento da ECOMACHIMBA em Angola – unidade móvel de sensibilização vocacionada para jovens e população adulta.

Construção da primeira unidade de regeneração de óleos industriais em Portugal através da ENVIROIL.

2009
Aquisição da primeira frota de recolha de carga lateral – Município de Sintra.

Constituição da RIMA – empresa participada pela SUMA e responsável pela gestão do aterro de resíduos industriais não perigosos da Lustosa (concelho de Lousada).

Implantação do GiSUMA – sistema integrado de consulta e edição de informação geográfica (georreferenciação nacional de atividade de contentorização e circuitos).

Inauguração do centro de educação ambiental em Luanda – Angola.

Lançamento da LIXOMACHIMBA® em Angola.

Extensão dos serviços prestados pela VISTA WASTE – empresa participada pela SUMA para o mercado angolano – à província de Benguela.

Reconhecimento público da SUMA como “Empresa de Gestão Exemplar” (suplemento publicado no “Diário de Notícias”, em Novembro de 2009, sobre “As 1000 Maiores Empresas de 2008”).

Aquisição das empresas CORREIA & CORREIA, ENVIROIL, TRANSPORLIXOS e EKOŚRODOWISKO.

2008
Início do projeto de internacionalização – celebração de contratos nas áreas da recolha de RSU, limpeza urbana e educação ambiental – Província de Luanda (Angola).

Atribuição à sede da SUMA e centro de serviços de Aveiro da tripla certificação em qualidade, ambiente e segurança – NP EN ISO 14001:2004 e NP 4397:2001 / OHSAS 18001:1999.

Aquisição da TRIU por incorporação.

Constituição da SIGA – empresa participada pela SUMA e vocacionada para a gestão global de resíduos nos Açores.

Lançamento do CIDADÓMETRO® – unidade móvel de sensibilização vocacionada para os núcleos familiares.

2007
Transferência da sede da SUMA para o Parque das Nações (área de realização da EXPO’ 98).

Alargamento da certificação da CITRUP à vertente da responsabilidade social – Norma SA 8000.

Atribuição à CITRUP do prémio EcoPME (galardão que distingue a política de ecoeficiência e sustentabilidade das empresas).

Aquisição da NOVAFLEX e participadas – REAL VERDE / NOVA BEIRA.

2006
Certificação da sede da SUMA e do centro de serviços de Aveiro – NP EN ISO 9001:2000.

Acreditação da SUMA pelo Instituto para a Qualidade na Formação.

2005
Lançamento da 1ª Unidade Móvel Solidária – REUTILÂNDIA® (projeto de Reutilização, Sustentabilidade e Solidariedade).

Acreditação do Centro Integrado de Tratamento de Resíduos Últimos do Porto (CITRUP) pelos Sistemas de Gestão de Qualidade NP EN ISO 9001:2000 / Gestão Ambiental NP EN ISO 14001:2004 / Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho NP 4397:2001 / OHSAS 18001:1999.

Certificação da Estação de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos (ETRSU) de Riba d’Ave – NP EN ISO 9001:2000.

2004
Atribuição do 1º lugar do Prémio Nacional de Inovação Ambiental: SUMA-VLE (viatura de lavagem de contentores de ecopontos e subterrâneos).
2003
Integração das empresas STL e UTIL.

Acreditação do laboratório de análises pela NP EN ISO / IEC 17025.

Abrangência de 2 milhões de habitantes servidos por recolha de resíduos e limpeza urbana.

2002
Lançamento da unidade móvel de formação da SUMA.
2001
Incorporação da SERURB – uma das maiores empresas nacionais no setor dos resíduos.

Lançamento de um projeto pioneiro no domínio da educação ambiental – LIXOTECA® itinerante.

2000
Gestão da recolha seletiva e limpeza da sede da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia – PORTUGAL 2000.
1998
Aplicação de um modelo exemplar de limpeza em espaço urbano – EXPO’ 98: a última exposição mundial do século XX.
1996
Início do primeiro contrato de recolha seletiva – Município de Aveiro.
1995
Celebração do primeiro contrato de prestação de serviços – recolha indiferenciada, recolha de objetos de grandes dimensões e limpeza urbana – Município da Batalha.
1994
Constituição da SUMA – Serviços Urbanos e Meio Ambiente, S.A..