Aposta na inovação tecnológica

Antecipando-se às tendências e necessidades agora prementes, desde 2011, a SUMA cria e amplia aplicações tecnológicas de apoio à gestão de operações no terreno, que permitem a recolha, à distância, de dados diversos, para controlo e eventual ação corretiva.

Estas ferramentas, desenvolvidas internamente pelo departamento de planeamento e controle, com apoio da equipa de sistemas informáticos e telecomunicações, procuram ajustar- se às características de cada contrato e

visam a otimização de rotas, possibilitando a navegação ponto a ponto, o acompanhamento da operação – com possibilidade de registo fotográfi­co – e a emissão de relatórios em tempo real, assim como a disponibilização dessa informação internamente e, em casos especí­ficos, também ao cliente.

Os, atualmente, mais de 200 utilizadores credenciados a usar as aplicações, a partir de meios diversos, garantem a gestão de um total superior a 70 mil contentores, cerca de 100 mil registos de lavagens e 130 mil registos de entradas e saídas de aterro e estações de transferência, só no ano de 2019. A informação disponibilizada online assegura igualmente a conformidade com uma política de transparência e de sustentabilidade, através de práticas de redução do consumo do papel usado no registo destes serviços.

Para além de Portugal, a utilização destas aplicações foi estendida a outras empresas do grupo e geografi­as – nomeadamente, na VISTA Waste, em Angola, desde 2013; na ECOVISION, em Omã, desde 2015; na ECOLIFE, em Moçambique, desde 2016; e, desde 2018, na operação da ECOBURNIE, gerida pela Mota-Engil, na Costa do Marfi­m –, e tem-se revelado igualmente imprescindível na recolha de informação para preparação de propostas, permitindo oferecer aos potenciais clientes as opções mais e­ficazes para as suas necessidades.