Campanha “Praia LixØ” propaga boas práticas em época estival

Baseado na aspiração universal de se poder usufruir de espaços de lazer sem lixo, a mais recente campanha de sensibilização da SUMA dirigida aos veraneantes alerta para a necessidade de adoção de regras “lixo zero” como práticas ambientais de sustentabilidade.

Desenvolvida durante o mês de agosto, esta campanha marca presença na praia fluvial da Mamoa, em Santa Maria da Feira, assim como em nove praias da orla marítima do município de Vila Nova de Gaia, convidando os veraneantes, mesmo em período de repouso, a continuar a diminuir o desperdício na origem e a práticas de reutilização e de reciclagem, com vista à produção de “lixo zero”.

A redução de custos económicos, a simplificação dos hábitos quotidianos, a diminuição do tempo despendido (a tratar de lixo), a preservação de recursos e espaços naturais, e o aumento da qualidade de vida são apresentados como vantagens de adoção de um estilo de vida mais sustentável, a que corresponde um nível de esforço individual praticamente nulo.

Como formato de intervenção, ao contacto pró-ativo com os banhistas, nas entradas e saídas das praias, soma-se a animação de uma “Lata Abandonada”, que, enquanto procura o seu dono, alerta os presentes para as consequências a nível da saúde e ambientais provocadas pelo abandono de resíduos nos espaços públicos, e de dois jogos de grande dimensão, no areal.

A distribuição qualitativa de materiais, como cinzeiros de bolso, sacos de praia e bolsas para o lanche em pano, raquetas de praia e t-shirts, remata a intervenção, potenciando e difundindo a mensagem para além do momento do contacto.