SUMA inaugura “Rota do Ambiente – Arte Pública para a Urbanidade” em Porto de Mós

O primeiro mural da “Rota do Ambiente – Arte Pública para a Urbanidade”, foi inaugurado, no passado dia 30 de março, em Porto de Mós, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da edilidade, João Salgueiro, e do presidente do Conselho de Administração da SUMA, Jorge Rodrigues. O evento, que iniciou com uma peça de representação sobre prevenção de comportamentos de inurbanidade por parte dos mais jovens, teve ainda a atuação de uma turma do 4º ano do Centro de Escolar de Porto de Mós, que interpretou a música SUMA “Bairro lindo e limpo”.

“Rota do Ambiente” designa a ação de sensibilização que pretende criar nos municípios aderentes um roteiro de decoração de murais e de pavimentos em espaços devolutos, com conteúdos incidentes na urbanidade e na sustentabilidade ambiental, aliando, assim, cidadania, arte e requalificação num só projeto. O primeiro mural – “Quem gosta, cuida” -, que incide sobre as regras de deposição de pequenos lixos nos espaços públicos, foi, assim, pintado em Porto de Mós, numa estrutura do Parque Verde desta vila, onde a SUMA presta serviços desde 2003.

Temáticas como os resíduos nas vias públicas, o encaminhamento para reciclagem, os pequenos lixos produzidos em viagem ou o papel do cidadão ativo são trabalhados por um coletivo que poderá integrar artistas locais e da SUMA, utilizando técnicas mistas próprias do movimento de street art, ou arte pública (pintura e stencil).

O apelo da exposição a um vasto leque de sujeitos e o seu desenvolvimento em espaço público, onde é maior a necessidade de sensibilização para temáticas de urbanidade, pela difusão de responsabilidades suscitadas pelo coletivo, constituíram-se as principais razões que levaram a SUMA a integrar esta modalidade artística num novo e inovador projeto.