SUMA regressa ao Parque das Nações

Depois da prestação de serviços ímpar e inovadora realizada durante a EXPO’98, a SUMA regressa, agora, ao Parque das Nações, com a adjudicação da limpeza urbana de toda a freguesia, a qual decorre, atualmente, através de contratos de curta duração, aguardando-se a decisão judicial para a contratação dos serviços por um período de três anos.

No decorrer da exposição mundial, que acolheu 11 milhões de visitantes, a SUMA foi responsável pela recolha de resíduos e limpeza urbana, sendo os mesmos prestados em contínuo, com grande mobilização de meios e capacidade organizativa da estrutura. Para o sucesso da operação, foi determinante a aquisição de equipamentos inovadores à época, como foi o caso das Varredoras Madvac, as carrinhas lava-praças, as viaturas elétricas moto-golf e as pinças para recolha de pequenos lixos.

Os serviços foram desenvolvidos na zona da exposição antes, durante e após, tendo sido recolhidas, no total, 6 mil toneladas de RSU (45 toneladas por dia). A existência de condições logísticas apropriadas em conjugação com um serviço de recolha de resíduos sólidos e limpeza urbana exemplar, foi o mote para o máximo respeito pelos espaços e equipamentos públicos verificado, tendo a prestação da SUMA sido fundamental para a construção de uma nova postura cívica, baseada na partilha de responsabilidades.