“Isto também foi pago”, o alerta da SUMA que pede menos dinheiro gasto em lixo

Continuando o sucesso alcançado em Aveiro (http://www.suma.pt/news_ecobanco.html), no presente ciclo de trabalhos, foi a vez dos estabelecimentos de 1.º ciclo do município de Ílhavo receberem a visita do Eco-Banqueiro e da campanha de sensibilização “Isto também foi pago”.

Entre novembro e dezembro de 2015, envolveram-se as crianças numa estratégia animista, para fazer chegar aos pais e à família nuclear alargada a mensagem do valor dos resíduos enquanto matérias-primas, e das vantagens individuais e coletivas da reciclagem, como estratégia de combate ao desperdício e despesismo.

Já em 2016, a campanha foi estendida à Valorsul no âmbito do programa Ecovalor, com cerca de 250 sessões previstas, em estabelecimentos de educação pré-escolar e do 1.º ciclo do Ensino Básico dos 19 concelhos da área de intervenção, entre março e junho.

Neste caso, a estratégia pedagógica assume um formato misto, que reúne apresentação de vídeo, abordagem direta, e treino de competências.

Em ambas as áreas geográficas de intervenção, os alunos são convidados a inaugurar nas suas salas de aula sucursais do Eco-Banco e a fazerem “depósitos” nos ecobags distribuídos para o efeito.

Num registo divertido protagonizado por um banqueiro, esta campanha aborda problemáticas e preocupações familiares atuais, como a crise financeira, para introduzir as soluções corretas para a gestão dos resíduos e as regras do consumo sustentável.