SUMA reforça reconhecimento na área formativa

Fruto da alteração da lei que regula as entidades formadoras, após avaliação e aprovação do processo submetido à Direção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT), a SUMA recebeu, no início do último trimestre de 2015, o deferimento do pedido de passagem de acreditação a certificação, concluindo-se o cumprimento dos requisitos do referencial de qualidade.

A demonstração de uma estrutura formativa constituída por trabalhadores com um perfil de competências adequado às funções que desempenham e por condições materiais, físicas, ambientais e logísticas necessárias e ajustadas à concretização do projeto de formação interna foram determinantes para a atribuição deste reconhecimento.

Do plano anual de formação desenhado para o ano de 2015, e até final do mês de outubro, constaram já mais de 10% de ações concretizadas face às planeadas. Por forma ainda a reforçar a estratégia de internacionalização da organização e auxiliar os colaboradores que lidam com as várias geografias num processo de globalização, iniciou-se o projeto de formação de Inglês, cuja primeira fase já terminou com uma avaliação média final de 90%.

Decorrente da concretização do Plano de Formação Tutores, foram concretizadas 1.330 ações de formação, com a presença de 2.198 formandos, num volume total de 11.360 horas, até final de outubro.

Já o Projeto 10MDS, iniciado no princípio deste ano em todos os centros de serviços, incluiu 1.182 trabalhadores nestas ações informativas, correspondendo a um total de 31.312,5 horas de formação, totalizadas até 31 de outubro.