SUMA difunde código de civismo

Com vista ao aumento dos níveis de urbanidade e ao reforço dos corretos procedimentos de utilização de espaços e equipamentos públicos, nomeadamente no âmbito da limpeza urbana e do acondicionamento e deposição de resíduos, a campanha “Respeitar os Sinais é Sinal de Civismo!” entrou no seu terceiro ano de intervenção.

Apesar de persistir no recurso à simbologia do código da estrada para garantir uma apreensão transversal e imediata da mensagem difundida, este ano, a campanha sofreu uma reformulação, com a introdução de metáforas populares personificadas por animais, para facilitar a compreensão da importância da reprovação e exclusão social de comportamentos de desleixo, principalmente junto da comunidade escolar.

Não deixar sacos de lixo fora dos contentores, apanhar os dejetos do animal de estimação da via pública, resistir à publicidade e ao consumismo, e aderir à reciclagem, são algumas das mensagens de “Respeitar os Sinais”, protagonizadas, entre outros, por macacos de imitação, ovelhas negras e burros velhos.

Em ciclos anteriores, a campanha foi desenvolvida em 14 diferentes municípios, atingindo diretamente cerca de 115 mil sujeitos, e recorrendo a estratégias e materiais de suporte tão diversificados como autocolantes para montras de lojas, cadernos de passatempos, monofolhas para expedição pelos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento, mini ecopontos, réguas escolares, autocolante para caixa de correio, anúncio em sacos de pão e mupis.

Neste ciclo, a ação será dirigida ao público em geral e aos alunos do 1.º ciclo do ensino básico nos municípios de Ílhavo, Trancoso, Santa Maria da Feira, Rio Maior e Valença.